Pininfarina transforma-se em construtor independente

Agora incorporada no grupo Mahindra o mais conceituado carroçador italiano vai ser um construtor independente e o primeiro produto será um hiper-carro previsto para 2020.
Trata-se de mudar para sobreviver - cada vez menos construtores recorrem a designers externos preferindo manter tudo dentro "de casa" e Pininfarina, desde 2015 sob gestão da Mahindra, resolveu avançar sozinho afinal pegar em todo o know-how que tem e colocou-o em prática. O primeiro produto será um hiper-carro de produção limitada (100 unidades) para já conhecido apenas pelo nome de código PFO 100% eléctrico em 2020 que deverá debitar 1000 cavalos, acelerar dos 0 aos 100km\h em menos de 2 segundos, um velocidade máxima acima dos 300 km\h e um preço a condizer. Estamos a falar de algo acima do próximo Tesla Roadster e muito próximo do Rimac C_Two, uma espécie de rival ao Bugatti Chiron.

Há rumores que a Pininfarina poderá usar a Rimac como plataforma doadora para este novo modelo - a Pininfarina diz que o caderno de encargos é semelhante ao que a Rimac tem mas não confirma ou desmente.

Em seguida deverá vir um SUV 100% eléctrico "mais acessível" mas continuara a ser um produto de luxo, rivalizando com o Lamborghini Uros.

0 comentários:

"