Novo Aston Martin Vantage apresentado

12 anos (sim, 12 anos) depois da apresentação chega enfim a hora de um novo Vantage - com um design "evolutivo" do original e com um V8 biturbo Mercedes debaixo do capot.


É uma evolução bastante arrojada do design anterior com uns ares do DB10 usado no filme Spectre e arrisco do Vulcan. Continua compacto e 2 lugares, com um impressionante extractor traseiro a combinar com a frente agressiva.


No interior temos uma grande consola central repleta de botões (os botões da caixa em arranjo triangular é interessante) e um conjunto de instrumentos digital - e vários elementos de Mercedes (desde botões, volante e sistema multimédia).



Debaixo do capot continua a influencia Mercedes - o Vantage 2018 usa o V8 de 4.0 litros biturbo colocado o mais para trás possível que já conhecemos dos AMG-GT e DB11 mas aqui com 510 cavalos associado a uma caixa automática de 8 velocidades ZF e estreia na marca inglesa um diferencial pilotado electronicamente eDiff que permite torque vectoring.

É o Aston Martin mais pequeno (4,47 metros de comprimento), mais leve (com 1530 quilogramas de peso seco) e construído na mesma plataforma colada e rebitada de alumínio do novo DB11 mas com 70% de componentes específicos. Com 510 cavalos e 685 Nm de binário (anterior modelo ficava nos 490 Nm) é capaz de atingir 315 km\h e acelerar dos 0 aos 100 km\h mais rapidamente que o anterior Vantage V12 S com 3.7 segundos.



0 comentários:

"