Delphi apresenta tecnologia alternativa ao diesel

A Delphi está a fazer as rondas dos construtores automóveis com uma tecnologia que poderá, em curto prazo, resolver a dependência dos motores diesel para cumprir limites de emissões de CO2 com uma motorização que combina um sistema híbrido ligeiro com desativação de cilindros. Segundo a Delphi esta tecnologia consegue melhorar a eficiência de um motor a gasolina até 19%.
Este sistema da Delphi combina 2 sistemas - um sistema hibrido ligeiro de 48 volts com um sistema de desativação de cilindros chamado Dynamic Skip Fire desenvolvido pela Tula Technology (que foi adquirida pela GM e Delphi). Combinadas a Delphi diz que melhora a economia de combustível em 19% no circuito de homologação da EPA para a cidade e 14% no circuito de auto-estrada. 

Ambos os sistemas estão prontos para a produção e podem ser usado em conjunto ou separados. A General Motors deverá ser a primeira a estrear um destes sistemas (em principio o sistema de desativação de cilindros) nos proximos Chevrolet Silverado e GMC Sierra previstos para o final do ano.

É um sistema interessante, se funcionar como publicitado - é uma possível medida rápida e fácil para os construtores europeus conseguirem manter os objectivos de emissões enquanto trabalham na electrificação que vem aí.

A Delphi publicou alguns números interessantes - segundo eles, o construtor pode gastar 2.000 dólares num sistema de limpeza das emissões diesel ou 1.500 dólares neste sistema híbrido com Dynamic Skip Fire. Este sistema custaria cerca de 350 dólares por veiculo para instalar mas obriga a incluir um solenoide por cada cilindro o que provavelmente obriga a redesenhar as cabeças do motor. 

É exequível, é acessível, mas será que os construtores vão investir neste passo intermédio...na Europa duvido infelizmente.

0 comentários:

"