Quando não há...inventa-se

Devido à sua topografia (rodeado pelas montanhas de Daba, Wushan, Wuling e Dalou) e elevada densidade populacional (49 milhões de pessoas e sabe-se lá quantos cães e gatos) a cidade Chongqing teve que ser...como dizer isto..."criativa" no que diz respeito à mobilidade encontrando algumas soluções muito interessantes.
Um claro exemplo é que quando instalaram um comboio monorail na cidade tiveram que o fazer atravessar um prédio de 19 andares! Quando arrancaram com a linha em 2004 só tinham 2 hipóteses: deitar o prédio abaixo ou eliminar 2 andares (o 7º e 8º andares para ser exato) no meio e fazer o comboio passar através do prédio. Para minha alegria como engenheiro, escolheram a ultima!
Quando não há espaço no chão, podemos sempre ir para baixo, para cima ou neste caso através de algo. O próprio prédio tem uma estação o que fez o valor comercial do prédio subir quando se esperava o contrário. Imagine, não ter que correr para apanhar o metro todas as manhãs...

Mas não fica só pelo comboio porque até as estradas tiveram de ser em 3 dimensões e tuneis todos fazem - aqui temos uma estrada no topo de um prédio de 5 andares. Sim, conduzir 5 andares acima do chão! 


Mas atenção, apesar das janelas os 4 andares de topo não são de habitação mas sim de estacionamento. O predio está encostado a uma elevação e funciona como estacionamento para outro predio ao lado e acima na inclinação - com esta "estrada" os moradores não têm que estacionar no vale e depois apanhar um elevador ou teleférico para chegar a casa.

0 comentários:

"