CEO da Ford Mark Fields despedido

Uma das grandes noticias da semana passada foi sem dúvida a substituição de CEO - sai Mark Fields e é substituído por James Hackett.
Fields (funcionário da Ford à 28 anos) substituiu Alan Mullally como CEO da Ford Motor Company em Julho de 2014 mas desde então as acções da Ford caíram 40%, algo que não caiu bem com os accionistas. O seu substituto Jim Hackett de 62 anos era até agora o diretor da secção Smart Mobility onde eram desenvolvidos os programas de condução autónoma e serviços de mobilidade.

Hackett, de 62 anos, antes de vir para a Ford era o CEO da Steelcase um dos maiores fornecedores de material para escritórios e já anunciou os seus 3 principais objetivos para a Ford:
- melhorar a execução operacional;
- modernizar o modelo de negócio da Ford;
- preparar e transformar a empresa para os desafios do futuro;

Mas não é a única alteração na Ford - Jim Farley, chefe da Ford Europe passará a supervisionar o marketing global e vendas de todas regiões, incluindo a Lincoln Motor Co. Joe Hinrichs, chefe das americas irá gerir o desenvolvimento de produtos global, produção e assuntos laborais, compras, ambiente e segurança. Marcy Klevorn, vice-presidente do departamento de tecnologias de informação irá substituir Hackett na Ford Smart Mobility.

Mas os problemas nos construtores americanos não acabam na Ford - na General Motors os lucros também estão a ser menores e em igual período o valor das suas acções caíram 13%. Já a Fiat Chrysler Automobiles anda à pega com alegações de falsificar emissões (na Europa e EUA) e o CEO Sergio Marchionne continua sem encontrar o desejável parceiro de dança.

Isto tudo num cenário de desaceleração das vendas de automóveis nos EUA e perda de confiança nos construtores "tradicionais" de serem capazes de fazer a transição de pistões para software e da venda de automóveis para o transporte pago ao minuto ou quilometro. Prova disso é que recentemente a Tesla foi avaliada (por Wall Street/investidores) em 51 mil milhões de dólares enquanto a Ford foi avaliada em 43 mil milhões...

0 comentários:

"