Autoliv recolhe airbags

Depois da Takata agora é a Autoliv que vai recolher até 400.000 automóveis a nível mundial devido a componentes de cinto de segurança e airbags problemáticos. Não há ainda grandes detalhes e ainda não comunicaram que modelos e em que mercados estão estes equipamentos localizados.
No caso dos sistemas de pré-tensão um componente que gera o gás usado pode soltar-se na activação e basicamente temos um projéctil disparado dentro do habitáculo. Já nos airbags e também nos cintos de segurança os iniciadores que activam os pretensores e os airbags podem não funcionar. Envolve componentes fabricados entre Abril e Novembro deste ano portanto sabe-se pelo menos que são veículos de 2016.

0 comentários:

"