Gasolinas aditivadas valem a pena

Quem o diz é o AAA, a American Automobile Association ou o nosso ACP, que contratou um laboratório independente para comparar combustíveis "low cost" com os premium que recebem aditivos. A conclusão foi que estes combustíveis "premium" (aditivadas) geram menos depósitos de carbono, consumos mais baixos, melhor performance que os combustíveis básicos.
Verdade que testaram combustíveis americanos ligeiramente diferentes dos nossos (inclusivamente eram de 93 octanas quando na Europa o mínimo que temos é 95 octanas) e usaram um motor padrão Ford dos anos 80 para estes testes, mas as conclusões "gasolina simples" versus "gasolina aditivada" não deixam de ser válidos.

Segundo o estudo do AAA, a gasolina simples gera 19 vezes mais depósitos de carbono relativamente à aditivada - 660.6 miligramas na normal face a 34.1 miligramas na aditivada. A performance do motor foi melhor, consumiu menos combustível e menos emissões. Outra informação interessante do estudo é que mesmo que use uma gasolina simples ao mudar para aditivada há uma redução dos depósitos de carbono - o que confirma algo que faço: use combustível simples mas regularmente (frequência depende de quantos quilómetros faça) faça um deposito de combustível aditivado.

0 comentários:

"