De França à Mongólia num Dacia Duster

Creio que todos já passamos por isto: sentamo-nos atrás do volante e só queremos conduzir sem destino, simplesmente partir. Mas sejamos sinceros: chega a hora e desistimos. Exceção para a senhora francesa (de 58 anos!) chamada Caroline Urso que resolveu pegar num Dacia Duster e só parou na Mongólia. E depois voltou obviamente. Abaixo está apenas um resumo mas podem ler a entrevista ao site na Renault.
A senhora Caroline adora viajar e nesta aventura percorreu 38.000 km em 5 meses para visitar a Mongólia, e para montada apostou num Dacia 4x4 usado com 70.000 quilómetros. Teve que fazer algumas modificações obviamente mas relativamente simples: aumentou a distancia ao solo, protegeu os eixos dianteiro e traseiro, mudou os pneus, retirou o catalisador e colocou um filtro adicional para o combustível. E com um Duster foi de França à Mongólia e voltou. Não teve que mudar nada durante a viagem, nem depois de voltar. 
Um SUV de baixo custo mas de alta resistência...

0 comentários:

"