[update]Paris vai banir automóveis anteriores a 1997

Afinal há mais para esta história - automóveis clássicos com mais de 30 anos vão estar isentos da proibição de circular durante os dias de semana em Paris.
Como tínhamos escrito antes, a câmara de Paris decidiu atacar a poluição automóvel proibindo a circulação de automóveis registados até 1997 de durante os dias de semana das 8 da manha às 8 da noite - mas a federação de automóveis clássicos (Fédération Française des Véhicules d’Epoque -FFVE) conseguiu chegar a acordo com a Câmara para que os automóveis com 30 ou mais anos identificados com carta de histórico (Carte Grise de Collection) não estejam abrangidos por esta proibição.

O que deixa de fora os clássicos mais jovens. Mas o objetivo de proibir (durante os dias de semana) apartir de 2020 todos os automóveis registados antes de 2011 continua no mapa.


Post original 03-06-2016
A cidade de Paris tem tentado reduzir os níveis de smog a vários anos: desde dias sem automóveis, a banir automóveis diesel mais antigos ou alternar a circulação conforme se a matricula fosse par ou ímpar. Mas agora vão um passo mais longe: apartir de 1 de Julho os automóveis registados antes de 1997 e motas registadas antes de 2000 estão proibidos de circular no centro da cidade durante dias da semana.
E não ficam por aqui - apartir de 2020 apenas automóveis registados depois de 2011 vão poder circular na cidade. O controlo será feito com base num sistema de autocolantes coloridos por cada categoria.

2 comentários:

  • Marco C. says:
    14 de junho de 2016 às 17:58

    Metam só circulação para elétricos para 2020-2022 isso é que era, e acaba-se com a poluição. Dava tempo para todos se prepararem...

  • Turbo-lento says:
    19 de junho de 2016 às 19:22

    Os elétricos são parte da solução, e para andar em cidade é o que faz mais sentido. Mas é algo que se adivinhava - a maioria dos países fez o calculo dos impostos para os automóveis só com base no CO2 "esquecendo" o resto do que sai do escape dos diesel, especialmente os pequenos diesel que não tinham catalizador

"