Travagem autónoma de série em breve

Esta noticia é para o mercado norte-americano, mas o mercado global já demonstrou que quando uma decisão destas é tomado num dos maiores mercados acaba por chegar aos restantes - neste caso a National Highway Traffic Safety Administration, Insurance Institute for Highway Safety e quase todos os construtores automóveis no mercado norte-americano assinaram um acordo para que a travagem automática de emergência (normalmente designada por AEB) será equipamento de série apartir de 2022. 
As marcas envolvidas estão também no mercado Europeu (BMW, Fiat Chrysler, Ford, General Motors/Opel, Honda, Hyundai, Jaguar Land Rover, Kia, Mazda, Mercedes, Mitsubishi, Nissan, Subaru, Tesla, Toyota, Volkswagen e Volvo) e mesmo que este acordo aplique-se apenas ao outro lado do Atlântico o aumento de produção destes sistemas vai torna-lo muito mais acessivel em todo o mundo podendo tornar-se num equipamento de série ou opcional pouco dispendioso.

Segundo a NHTSA em 2012 embates por trás mataram 1.705 pessoas, feriram 547.000 pessoas nos EUA e 87% destas mortes e feridos podiam ter sido evitados ou reduzidos por estes sistemas já que foram acidentes causados por distração do condutor.

0 comentários:

"