Ponto de situação Dieselgate: 07-01-2015

O dieselgate continua a desenrolar-se e abaixo temos as mais recentes novidades - sempre sem treta, conservante ou adoçante acrescentados. 

Departamento de Justiça americano inicia processo à Volkswagen
A Volkswagen foi processada pela Environmental Protection Agency (EPA) norte-americana pelo falseamento premeditado dos testes de emissões dos motores TDi de 2 e 3 litros que abarca em todo o mundo mais de 11 milhões de viaturas. Nos EUA o Dieselgate abarca cerca de 600.000 unidades e pode levar a uma multa no valor de 40 mil milhões de dólares. Isto poderá sinalizar que as negociações entre a EPA e a Volkswagen chegaram a um sério impasse - apesar de solução já existir para a Europa, nos EUA nada foi conseguido.

Republicanos abrem a porta a VW?
Se por um lado o governo americano processa a VW, outro ramo governamental prepara-se para safar a VW - os republicanos estão a preparar uma legislação chamada “Fairness in Class Action Litigation Act” que já foi também chamada de “VW Bailout Bill” porque encaixa perfeitamente na VW e basicamente anularia milhares de processos legais de proprietários de automóveis diesel da marca alemã que se sentem enganados e que perderam valor do seu automóvel. A proposta (que não deve passar no Senado) é algo que já previa - há que castigar a Volkswagen, mas castigar demais pode levar a cortes na marca que pode incluir fecho de fábricas e os governos também não gostam disso.

Comprar de volta nos EUA uma possibilidade - rumor
Segundo o jornal Sueddeutsche Zeitung a Volkswagen já terá aceitado o facto que terá de comprar (apenas nos EUA) de volta cerca de 115.000 dos 580.000 automóveis afectados pelo Dieselgate (devolver o dinheiro aos clientes) ou oferecer um automóvel novo com um avultado desconto. Era algo "nas cartas" desde o inicio - o custo da reparação de alguns automóveis, particularmente os mais antigos pode ser simplesmente caro demais ou simplesmente impossível.

Volkswagen vende mais automoveis na Alemanha
Segundo o Bild, citando números oficiais, a marca Volkswagen vendeu na Alemanha mais automoveis em 2015 que em 2014. Vendas anuais subiram 7.7% para 685.669 unidades com um ganho de 2.5% em Dezembro. 
Mas cresceu menos que os outros ficando atras da Ford e Opel - só em Dezembro a Ford subiu 25% (por conta do Mondeo e Kuga) e a Opel subiu 15% (graças ao novo Astra). A Audi caiu 6% enquanto BMW subiu 13% e Mercedes 1%; Porsche caiu 15% e Seat 2.2%. Na Skoda as vendas subiram 2.4%

Executivos da VW preparam visita aos EUA
Provavelmente depois de arranjarem imunidade diplomática - os quadros superiores do grupo Volkswagen vão pela primeira vez aos EUA desde o início o dieselgate. O CEO da VW Herbert Diess esteve no CES em Las Vegas e também vai estar na abertura do salão automóvel de Detroit, e o CEO Matthias Mueller irá também aos EUA para discutir com oficias americanos a situação actual.

0 comentários:

"