McLaren 675LT Spider apresentado

Tirando o P1, o 675LT era o modelo mais rápido e extremo da McLaren - era, porque antes de ser produzido o 1º exemplar dos 500 previstos esgotou completamente. A McLaren resolveu aproveitar a deixa e para quem não conseguiu um dos 500 675LT pode agora ter um dos 500 675LT Spider!


Continua a ser um modelo principalmente desenvolvido para a pista, sem o tejadilho graças à célula em fibra de carbono apenas ganha 40 quilos de peso e em posição central o mesmo V8 biturbo de 3.8 litros com 675 cavalos e 700 Nm de binário do 675LT coupe - mais 25 que o 650S normal e mais 5 que Ferrari 488 Spider e menos 150 quilogramas que o seu rival italiano.


Então apenas tiraram o tejadilho ao 675LT? Não, também acrescentaram umas novas jantes de alumínio forjado que dizem ser as mais leves de sempre e esta nova cor Solis Gold.

Em termos de performance, a McLaren anuncia que vai dos 0 aos 100 km/h em 2,9 segundos, atinge os 200 km/h em 8,1 segundos e segue, com os cabelos ao vento até aos 326 km/h.

0 comentários:

"