Hidrogenio no Nurburgring

Já temos a Formula E e quem sabe em breve vamos ter a Formula H - um automóvel movido a célula de combustível de hidrogénio percorreu o Nurburgring em menos de 11 minutos.
Este é o Forze IV, o projecto de 50 alunos da universidade holandesa Tu Delft e é basicamente um chassis tipo Catheram com 2 tanques de hidrogénio (total de 3 quilogramas a 5.076 psi) que combinando com oxigénio gera electricidade para alimentar o motor eletrico de 258 cavalos. Resultado - velocidade máxima de 210 km\h, vai dos 0 aos 100km\h em menos de 4 segundos e os 3 quilos de H2 são suficientes para manter o Forze IV a todo o gás durante meio hora.

Neste vídeo é pilotado pelo veterano da F1 Jan Lammers que conseguiu fazer os 21 quilómetros do Nurburgring em menos de 11 minutos.

1 comentários:

  • Zé Miguel says:
    5 de junho de 2015 às 14:45

    Interessante era porem os Formula 1 a bombar a Hidrogénio! Continuávamos a ter aquele som maravilhoso e podia-se reabastecer o carro "normalmente".

    Em termos da Formula E também acho que o sistema de pilha de combustível faz mais sentido do que se trocar de carro a meio da corrida. Não que esteja a dizer mal dos carros eléctricos a bateria, que acho que são o futuro (se não mesmo o presente), mas para aplicações com gastos energéticos consideráveis as baterias não são de momento a melhor alternativa.

"