Novo Chevrolet Camaro apresentado

Eis o novo Chevrolet Camaro, sexto do nome, e como podemos ver – mesma receita com novos ingredientes para o eterno rival do Ford Mustang



A julgar pelas imagens o interior é atraente, voltado para o condutor e até parecem materiais de qualidade.
E copiando uma ideia do novo Audi TT aquelas saidas da ventilação têm os controlos no exterior da saída reduzindo o número de botões no tablier. 


Poderá configurar o comportamento do Camaro via o Driver Mode Selector com as seguintes possibilidades: Snow/Ice (neve), Tour, Sport e Track (este ultimo apenas no SS) e nenhum terá o clássico travão de mão. 
Evolução e não revolução em termos de designe, mas debaixo daquele aspecto familiar é tudo completamente novo - é 57 milímetros mais curto, 20 milímetros mais estreito e 28 milímetros mais baixo é baseado na mesma plataforma Alpha do Cadillac ATS e CTS mas com peso reduzido em 90 quilogramas (relativamente à geração anterior) graças ao uso de alumínio e rigidez estrutural aumentada em 28%. 


Debaixo do capot o novo Camaro poderá ter um novo 4 cilindros de 2.0 litros turbo (275 cavalos e 400 Nm de binário), um novo V6 de 3,6 litros (335 cavalos e 385 Nm de binário) ou no caso do Camaro SS o V8 de 6.2 litros do Corvette Stingray (455 cavalos e 617 Nm de binário) todos eles a debitar a potência no eixo traseiro via uma caixa manual de 6 velocidades ou uma automática de 8 velocidades Hydra-Matic. 
E para assegurar que consegue colocar toda essa potencia na estrada há frente recebe uma nova suspensão MacPherson e atrás independente multi-link, com o modelo SS a poder receber suspensão pilotada Magnetic Ride Control. 

Infelizmente, independentemente do motor que escolher o som do motor é alterado - os com 4 cilindros vão ter cancelamento activo do som e via o sistema áudio Bose recebe um som sintético. Os modelos V6 e V8 também recebem som artificial e um escape com 2 posições para mais som e performance em acelerações fortes. 
A boa noticia é que este Camaro vem para a Europa mais para o fim de 2016, que motores e equipamentos ainda não se sabe.
Visto no Autoblog

0 comentários:

"