Ford EcoSport recebe alguns melhoramentos

Os SUV's, em particular os compactos, estão em plena explosão na Europa - temos o Renault Captur, o Peugeot 2008, Nissan Juke, Nissan Qashqai e por diante. E vendo a concorrência a passar-lhe à frente a Ford achou que seria boa ideia trazer para a Europa o mesmo EcoSport que vendem na Índia ou no Brasil.
Não o conduzi ainda mas se há algo em comum sobre tudo o que lí acerca dele é que é agreste demais - em igual período de tempo a Renault vendeu 10 vezes mais Captur's que a Ford vendeu EcoSport's. Daí que não me surpreenda a noticia que a Ford vai refrescar a versão Europeia do Ecosport em Maio - a roda suplente montada no exterior traseiro passa a ser uma opção sem custo, o interior recebe plásticos de melhor qualidade e a suspensão novos acertos.

Será que vem tarde demais para salvar o EcoSport? E será que a Ford tira algumas lições para o próximo KA? É que afinal este também é um automovel desenhado para a India e Brasil...

3 comentários:

  • Anónimo says:
    22 de janeiro de 2015 às 21:31

    Será que a Ford ainda não percebeu a Europa... o EcoSport é a bota botilde da Ford, sofá mas feia.

    A Ford é capaz do melhor e do pior.... será que não estuda o mercado europeu?

  • Turbo-lento says:
    23 de janeiro de 2015 às 00:44

    A Ford parece vidrada no objectivo dos "automoveis mundiais" ou seja venderem um mesmo automovel em todo o mundo. E em alguns casos conseguiram: o Fiesta, Focus e Mondeo, Transit, o novo Mustang e outros são bons exemplos mas noutros falham completamente. O ecosport via-se à partida que não iria pegar e sinceramente este novo Ka também não me cheira.

  • Anónimo says:
    23 de janeiro de 2015 às 08:51

    o único Ka que algum dia poderia ter sucesso, era o Original, o redondinho Concept vermelhinho apresentado salvo erro em 1994.

    Se este redondinho aparecesse nessa versão final, não tenho duvidas que ainda hoje era adorado... enfim!

    por vezes quem vê com uma certa distancia consegue ver o que outros não vêem de perto por estarem demasiado obcecados - na altura com o "New Edge Design"


"