Renault revela novidades para o futuro

Dentro da Renault existe um grupo de pessoas designado LSI que inclui engenheiros, designers e outros peritos que colaboram para desenvolver aquelas ideias pouco convencionais que faria muitos franzir o sobreolho à maioria. E vieram à poucos dias no evento Innovations@Renault em Paris para apresentar alguns desses projectos - alguns já para o futuro próximo.


Para terem uma ideia, este grupo foi responsável pelos EOLAB, NEXT e Twizy. Muito obrigado por esse ultimo... 

Projectos prontos para produção
Novo motor eléctrico: desenhado pela Renault, com a mesma performance dos actuais (65 kW/88 cavalos e 220 Nm de binário ), mas 10% mais pequeno e o conjunto carregador Camaleão/conversor estão agora contidos numa única controladora electrónica que é 25% mais pequena que a actual.

O motor passa a ser arrefecido a ar e apenas a controladora electrónica é arrefecida a água. Graças a melhoramentos a nível da gestão electrónica os tempos de carregamento foram reduzidos para a carga de 3kW e 11kW. Um inversor redesenhado oferece melhor eficiência reduzindo o consumo de energia. 

Novo motor bifuel gasolina-GPL: um novo motor bifuel Euro6 baseado no 3 cilindros de 0.9 litros que a Renault diz ser 20% mais eficiente que anterior motor GPL.

Inclui turbo, Stop&Start, recuperação de energia na travagem e modo ecologista. É um sistema que virá já de fábrica, ao contrario do que acontece hoje em dia que se tratam de modelos adaptados após produção - à venda em breve muito provavelmente na Dacia. 

Projectos longo prazo
Híbrido diesel HYDIVU: este é um prototipo para um sistema híbrido diesel para veiculo comerciais - baseado numa Renault Master equipado com o motor ENERGY dCi 165 Twin Turbo diesel. Tem um motor eléctrico de arranque-alternador de 12 kW/48 volts integrado na caixa de velocidades para ajudar o motor de combustão reduzindo consumos.

Recolhe energia durante a desaceleração e travagel que é armazenada numa bateria de 48 volts. Esta unidade inclui algo que a Renault chama de "Downspeeding" - relações de caixa mais longas para baixar os consumos em longas viagens, compensado por turbos de geometria variável desenvolvidos de raiz para este concept que fornecem muito do binário logo apartir das 1.000 rpm. Segundo a Renault, consegue reduzir os consumos em 10% em longas viagens. 

Projecto Motor "POWERFUL": motor de 2 cilindros 2 tempos com turbo e compressor a diesel...que combinação de palavras não é? Motores diesel a 2 tempos têm uma eficiência térmica de 50% quando os motores de 4 tempos conseguem apenas 35% mas são grandes demais para uso automóvel - pelo menos até agora segundo a Renault.

O projecto "POWERFUL" (POWERtrain for Future Light-duty) é um motor de 2 cilindros com metade do tamanho o 1.5 dCi da Renault e menos 40 quilogramas de peso (este novo motor pesa menos de 100 quilogramas) e produz o mesmo nível de ruído. Tem 730 centímetros cúbicos e tem turbo e compressor para desenvolver entre 48 a 68 cavalos e 112 a 145 Nm de binário apartir das 1.500rpm. Os testes iniciais são encorajadores mas ainda falta muito trabalho antes de avançar para a série. Este motor esta a ser desenvolvido para os países emergentes e deve custar menos a produzir que o actual 4 cilindros. Aparentemente o maior obstáculo no desenvolvimento deste motor é turbo que é caro demais para produzir. 

 Projecto "VELUD": este fez-me sorrir, se bem que provavelmente não ira acontecer - tiraram o lugar traseiro a um Twizy e adaptaram um pequeno atrelado de 2 rodas para transportar cargas até 150 quilogramas. 

A ideia é desenvolver uma viatura para entregas urbanas de mercadorias - para lojas ou serviços de entregas em centros urbanos. Aparentemente vão construir um (ou mais) protótipos antes de decidirem se avança para produção. Gostaria muito de o ver...

0 comentários:

"