BMW apresenta sistema hibrido plug-in

A BMW apresentou um sistema hibrido plug-in que chamada Power eDrive - desenvolvido pelo departamento EfficientDynamics e nesta incarnação claramente para o desportivo: mais de 670 cavalos. É o primeiro dislumbre do sistema hibrido modular da BMW que em breve deverá chegar aos modelos mais elevados da BMW e Rolls-Royce. 

Apresentado numa mula de testes de um Série 5 GT, é a variante mais potente deste sistema - combina um novo motor de 4 cilindros 2 litros turbo de 228 cavalos combinado com 2 motores electricos (que são versões modificadas dos usados no i3). Um deles (com 200 cavalos) está à frente e outro (com 268 cavalos) está mntado no eixo traseiro. No total este sistema é capaz de debitar 670 cavalos.

Os motores electricos são alimentados por uma bateria de litio de 20 kWh escondida no tunel da transmissão e debaixo do assento traseiro. Esta pode ser carregada por tomada electrica ou pelo motor a combustão - já este ultimo é alimentado por um tanque de 30 litros de combustivel. Além de funcionar como gerador de electricidade, o motor de gasolina também pode dar potencia adicional ao eixo dianteiro se o condutor apertar o acelerador a fundo - nessa situação os 3 motores funcionam em conjunto para mover o automovel. 

Normalmente o automovel com este sistema é movido apenas pelo motor electrico do eixo traseiro. O motor electrico dianteiro, incorporado na caixa de velocidades automática de 8 velocidades, permite tracção dianteira podendo receber ajuda pontualmente do motor a combustão. Segundo a BMW, esta mula de testes consegue ser mais rapido em linha recta que o mesmo Serie 5 GT 550i de 444 cavalos. 

Este sistema Power eDrive debitará entre 250 e 650 cavalos, e os primeiros automoveis a receber esta tecnologia são os futuros Rolls-Royce Ghost, Phantom e o SUV que se aproxima. Na BMW o proximo Série 7, X5, X6 e futuro X7 devem todos receber este sistema.

0 comentários:

"