Renault e Nissan repensam estratégia para as baterias

Apesar de parceiros a Renault-Nissan não partilham muita da tecnologia elétrica, algo que está a mudar. Querem deixar de fabricar as baterias internamente e mudarem para fornecedores externos.
O problema é que a Nissan tem uma fabrica de baterias em Inglaterra e outra nos EUA com parceria com a NEC e Carlos Ghosn parece muito interessado em se aliar com a LG Chem que já produz as baterias para o Renault Zoe. A questão é que quando a Nissan e Renault apostaram nos elétricos não havia grande oferta dos fabricantes de baterias e era preciso fabricar internamente - hoje em dia já há bastante oferta e bastante avançada.

0 comentários:

"