BMW dá tiro no pé

Este é um daqueles casos "só na América", mas que na minha opinião até acho que foi uma oportunidade perdida. Um Californiano processou a BMW porque ficou com uma erecção durante 20 meses depois de uma viagem de 4 horas numa BMW K1100RS.
 
O senhor Henry Wolf processou a BMW e o fabricante dos assentos que a BMW usa porque a viagem de Setembro de 2010 deu-lhe "priapismo" de longa duração e por isso pediu para ser compensado por perdas de salário e danos emocionais. Infelizmente para o senhor Wolf, o juiz não achou que haviam provas suficientes e recusou o caso.
 
E sinceramente acho que foi um grande erro - não do tribunal, mas da BMW! Deviam dar-se logo como culpados na hora da acusação. Pensem bem, a maioria do pessoal que compra motas são crises de meia-idade a todo o gás e aí entra a BMW e diz "Sim, é verdade: as nossas motas causam uma erecção de 20 meses". Era ver as motas desaparecer dos stands...

0 comentários:

"