União Europeia aperta emissões automóveis - Alemanha incluída

A União Europeia chegou a acordo sobre as emissões de dióxido de carbono enterrando o machado de guerra com a Alemanha. Para já...
 
O que estava a ser discutido era uma média de 130 g/km até 2015 e um objectivo não obrigatório de 95g/km até 2020. Segundo este novo acordo (já ratificado por todos os governos) o objectivo fixo é cortar as emissões de CO2 médias para 95g/km em 2021 com objectivos variáveis por construtor. Este compromisso impõe um limite de 95g/km em 95% da gama de novos automóveis em 2020 e 100% da gama em 2021.
 
Claro que os alemães foram os beneficiarios deste acordo e, tal quando durante as eleições na Alemanha que deram grandes contribuições a Merkel, neste caso a BMW e Audi ofereceram automóveis grátis a 5 países (Dinamarca, Chipre, Irlanda, Lituânia e Grécia) - algo que chateou alguns políticos já que se discutia o limite de emissões. Ou será porque não foi a eles que lhes ofereceram os automóveis?
 
Deixando o sarcasmo para trás, deixo desde já uma previsão para o periodo 2019 a 2021 - estas regras vão ser aplicadas a automoveis novos, quando querem apostar que apartir dessa altura muitos construtores vão tentar homologar automoveis novos como "evoluções de modelos anteriores" (tal como a Mercedes fez aquando da confusão do ar condicionado) assim furando estas regras?

0 comentários:

"