Vendas automóveis na Europa subiram 13% em Dezembro

Graças a grandes descontos as vendas de automóveis novos em Dezembro na Europa cresceram 13% - o maior ganho mensal nos últimos 4 anos, com 948.090 vendidos. Mesmo assim, 2013 chega ao fim com uma queda de 2% tem sido vendidas na Europa 12,3 milhões de automóveis.
 
A Renault subiu 29% (principalmente graças a um aumento de 48% da Dacia), o grupo VW subiu 22%, a Ford subiu 20% e a Toyota 11%. A GM subiu 13% (a Opel subiu 22% e a Chevrolet caiu 29%) e até a PSA e Fiat conseguiram crescimento - 9% e 2% de crescimento respectivamente.
 
A previsão é que em 2014 haja um aumento gradual da procura na Europa, depois de uma crise que levou a uma queda continua durante 6 anos. Parte dos ganhos vêm de substituição de automóveis que estão velhos demais para circular e outra parte dos descontos de construtores e incentivos ao abate.
 
A recuperação parece estar a ganhar tração mas vai ser lenta e o desemprego continua elevado em toda a zona Euro. O problema é que muito deste crescimento de Dezembro vem à custa de grandes descontos, o que coloca uma enorme pressão sobre os lucros por causa do excesso de capacidade produtiva e muitos analistas dizem que o salto em Dezembro se deve a vendas aos stands não a consumidores finais - infelizmente na Europa é um velho truque e os números não são separados.

0 comentários:

"