Superioridade moral...ao murro

Antes de comentar o vídeo abaixo (que adianto, ter aplaudido) deixem-me recordar algo que me aconteceu: ao atravessar uma estrada nacional, na passadeira com o meu filho de 1 ano doente ao colo, esperei na borda da passadeira que ambas as filas de carros parassem para me deixar passar. Quando isso aconteceu comecei a atravessar, apenas para descobrir quando cheguei ao meio que uma equipa de ciclistas (que achou que regras não eram para eles) simplesmente cortaram pelo meio e não tive escolha se não virar costas e rezar com que não me magoassem o meu filho.
 
Por isso, ao ver este vídeo de um ciclista que até no início teve alguma razão em protestar o condutor do Audi (porque estava em zona reservada a ciclistas) mas depois, com o ego cheio de superioridade moral resolveu perseguir o Audi e continuar a dar uma de superior. O resultado final foi o mesmo se eu não tivesse o meu filho no colo naqueles dia - teria posto um ombro de fora e abria a cabeça a pelo menos 1 deles.
 
Respeito é para ambos os lados.

0 comentários:

"